INCLUDES_HEADER
Busca:
BANNER_TOP_960

Categoria Arquivos: Emprestimos consignados

Empréstimo para aposentados – CDC Sênior da Caixa = Simulador de Empréstimo


Tenha até R$10.000,00 para usar como e quando quiser.

O CDC Sênior é uma linha de crédito destinada a você, que é aposentado ou pensionista do INSS e recebe o benefício em Conta da CAIXA. Com ela você tem limite de crédito pré-aprovado e prestações fixas debitadas automaticamente.

emprestimo9

O CDC Sênior é uma linha de crédito destinada a você, aposentado ou pensionista que recebe benefícios permanentes do INSS em conta corrente ou poupança da CAIXA. Você pode utilizá-la como desejar. Para isso, basta ir até um dos terminais de auto-atendimento da CAIXA, disponíveis em agências e em vários pontos de sua cidade. Se preferir, utilize o telefone 0800-726-0505 ou a internet, onde você pode simular as condições do empréstimo.

Mais

Empréstimo para aposentados – Empréstimo Consignado Caixa


Crédito fácil para você que teve uma vida de trabalho. Mesmo que você, aposentado ou pensionista do INSS, não tenha Conta na CAIXA, existe uma linha de crédito especial para você aproveitar a vida como quiser.

emprestimo3

É um empréstimo que não exige avalista e oferece as melhores condições de mercado. O empréstimo Consignado é uma linha de crédito destinada a você, aposentado ou pensionista do INSS. Mesmo que você não tenha conta na CAIXA vai poder se beneficiar das melhores condições de mercado oferecidas pelo crédito.

Empréstimos CAIXA Consignações


Se você quer crédito rápido, com prazo amplo e facilidade para pagar, conheça o que a CAIXA tem a oferecer. A Consignação CAIXA é destinada especialmente a você que trabalha em empresa pública ou privada, possuidora de convênio para desconto das prestações em folha de pagamento.

emprestimo6

Se a empresa que você trabalha possui o convênio de Consignação com a CAIXA, então você tem à sua disposição uma linha de crédito cheia de vantagens. A Consignação CAIXA é um empréstimo concedido aos empregados de empresas públicas ou privadas, conveniadas com a CAIXA, rápido e sem avalista, com taxa de juros especiais e cujas prestações são debitadas diretamente na sua folha de pagamento.

Mais

48,3% dos paulistas estavam endividados em março


O número de consumidores com dívidas na Região Metropolitana de São Paulo caiu de 52,8% em março para 48,3% em abril, conforme aponta a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), divulgada nesta sexta-feira (29) pela Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo).

clip_image001.jpg

A pesquisa também mostra um recuo para 14,3% (ante 17,2% em março) no número de famílias endividadas que já estavam com contas em atraso, seja no cheque especial, cartão de crédito, empréstimo pessoal ou com prestações em geral. O percentual é o menor para o mês de abril desde 2004, quando a pesquisa teve início. Mais

Empréstimos Consignados do INSS chegam a R$ 2,29 bilhões


As contratações de crédito consignado pelos aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) somaram R$ 2,29 bilhões em janeiro. O resultado foi 4,1% superior ao mesmo período do ano anterior. Os dados são do Ministério da Previdência Social.

Fazem parte deste montante os empréstimos pessoas e as operações com cartão de crédito que serão descontadas direto na folha de pagamento. Em número de operações, janeiro registrou 1.154.152 contratos, 46,28% superior ao registro de dezembro, quando 789.015 empréstimos foram efetivados. Comparado ao mesmo mês de 2010, houve diminuição de 0,81%.

Mais

Questionada a lei que proíbe empréstimo consignado


O Banco BMG S/A entrou com pedido de Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal contra decisão que manteve decreto que o impede de conceder empréstimos consignados a servidores públicos do Espírito Santo. A instituição alega que a decisão fere o direito de isonomia, livre concorrência e iniciativa.

De acordo com o BMG, o Decreto 2.415, editado pelo governo capixaba, proíbe os bancos de operarem o crédito consignado junto aos servidores estaduais, mas permitiu que o Banco Banestes, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal ofereçam o serviço.

Mais

A pesar das complicadas condições do mercado consumidores financiam R$ 69 bilhões nas suas compras


Apesar dos esforços do Banco Central (BC) para pôr um freio no consumo, o brasileiro não se intimidou frente à piora das condições de crédito. Mesmo com os juros nas operações para pessoas físicas tendo alcançado 43,8% ao ano, o maior nível desde agosto de 2009, em fevereiro as famílias pegaram R$ 69,7 bilhões emprestados para saciar seus anseios por mercadorias e serviços, um volume 3,7% superior ao de janeiro.

Nem o aperto na taxa básica (Selic), que subiu de 10,75% ao ano para 11,75% em 2011, nem as medidas prudenciais anunciadas em dezembro do ano passado conseguiram reduzir o ímpeto por financiamentos. A despeito da vontade do presidente do BC, Alexandre Tombini, o crédito total se expandiu 21% em 12 meses.

Mais

ANALYTICS_CODE